Revolução Digital e Social no Brasil

Revolução Digital e Social no Brasil

O crescimento das redes sociais no Brasil é cada vez mais evidente e recentemente, se tornaram ferramentas para usuários reclamarem e protestarem contra situações que julgam errado. No Marketing digital denoninamos SAC 2.0, o retorno de atendimento ou resposta a esses usuários quando eles protestam a uma marca ou nas redes sociais da própria empresa.

Essa tendência vem crescendo nos últimos anos, tanto que na última semana presenciamos uma revolução cultural de protestos em várias cidades, utilizando as redes sociais como principais canais de comunicação e mobilização entre os usuários.
Vários protestos nas ruas contra corrupção, em busca de melhores condições na saúde, educação e segurança pública levaram brasileiros de articular suas redes para mostrar suas insatisfações.

Após os acontecimentos muitos elogios, criticas e debates foram abertos sobre a veracidade dos protestos, discursos políticos e partidários que influenciaram as mídias tradicionais a se “curvarem” diante dos fatos e realizarem coberturas quase instatâneas dos protestos em cada cidade, contradizendo seus conceitos, mitos e opiniões de massa e principalmente burlando a mítica ideia de quem antes achava que o usuário que protestava na internet era apenas “revolucionarios de sofá” por ficarem criticando todos na frente do computador sem agir de fato.

Os movimentos são exemplo claro de que a barreira entre virtual e real não existe. Que o virtual é apenas mais um canal por onde circulam ideias e informações. O que acontece nas mídias sociais, nos e-mails, nos bate-papos é tão real que é capaz mais do que trazer lucro para uma empresa, é capaz de mudar o país!

Outras informações relacionadas a essa revolução, você acompanha no Blog da Raquel Recuero no post A ESCALADA DOS PROTESTOS NO BRASIL.

Compartilhar este Post: Facebook Twitter Pinterest Google Plus StumbleUpon Reddit RSS Email

Posts Relacionados

Deixe um Comentário